Amor Sincero

10/08/2010

Lembro-me daquela noite
em que te beijei e toquei
lembro-me do teu gemer
lembro tudo o que pensei.
Lembro o teu sorriso
verdadeiro,
inteiro,
mas incompleto,
tu e eu,
naquele momento,
debaixo do mesmo tecto.
Lembro o teu gemido,
a forma como te toquei,
as sensações que provoquei,
até o modo como acabei.
Lembro do teu toque,
tão forte até dava choque,
lembro-te do amor que me deste
que guardarei até à morte.
Lembro-me de tudo o que escrevi e escreverei
lembro-me que te amo e para sempre amarei!


Só eu sei como ela mexe, só eu a sei fazer mexer
só eu sei como a enlouquece, o meu tocar, o meu gemer
só eu sei sua lida, só eu perfaço a sua inteira vida
só eu trago o labirinto, finalmente com uma saída.
Só tu sabes como te amo
só tu sabes que não te engano
só tu sabes todo o amor que emano
só tu sabes as palavras que derramo
Meu coração é espelho
para ti não há segredo
não tenho medo, receio
amo-te de coração cheio.


You Might Also Like

0 comentários