Paixão Distante

11/11/2010

"Quando perto os olhares amorosos
cruzam-se, não é como nuvem
Sem graça, sem luz, sem rastros
Nem mera imaginação de quem ama,
Que não grita e nem clama, mas é um amor
Lindo e forte, que dói tanto e dura tanto
Que parece sangrar, e como não se esgota
Em entrelaço amoroso, a ansiedade vira
Noites sem sono, solidão de desespero
é a  loucura da paixão"


You Might Also Like

0 comentários