Sensível

11/02/2010

Desejo retornar ao seu coração,
Fazer parte de sua vida novamente.
Não me diga que não.
Leia os versos que eu fiz para você:
Eu os fiz com lágrimas nos olhos.
Aprendi a escrever poemas para convencê-la
De que me tornei um homem sensível.
Quando o sol se vai, a tristeza me assusta,
Sussurrando aos meus ouvidos
Que você está distante, muito distante de mim.
Diga-me que isso não é verdade
E que ainda me quer.
O que eu fiz, para matar o nosso amor?
Eu sei o que fiz...
Não cuidei de você como deveria,
Estava ocupado demais para
Enxergar os seus olhos tristes.
Você é delicada como cristal,
E eu quebrei seu coração em
Milhões de pedaços.
Será que destruí o seu amor para sempre?
Creio que foi isso que fiz.
Mas eu prometo que serei diferente.
Perdoe-me, eu imploro, minha querida.
Dê-me uma outra chance,
Embora eu não mereça.
Palavras de sabor cereja
ousam arrepiar a minha pele
O chantily hidrata os desejos
desafiando os meus poros famintos
Quanta ousadia ...
Deixa eu te falar ?
Sou muito sensível..
Desmancho a suaves toques
e eu não saberei me recompor..
Eu sei que nessa vida tudo é possível
mas entenda,por favor..
Sofrer de amor
para mim é muito difícil..



You Might Also Like

1 comentários