Ela e seu tesão 2...

11/05/2011

Hoje meu corpo clamou pelo seu
Não pude tê-lo, você não foi meu
Uma tola represaria à noite passada
Faz-me aqui sozinha, na madrugada

O desejo ainda é forte e premente
Minha vontade é grande e ardente
Meu corpo ainda clama e reclama
Querendo seu cheiro, a sua chama

Meu corpo se arrepia só de lembrar
Suas mãos incansáveis a me acarinhar
Deslizo minhas mãos sobre meus seios
Tentando aplacar meus insanos anseios

Queria ser só sua, sua puta, sua dama
Queria você deitado na minha cama
Mas, inutilmente, faço carinhos em mim
Meu corpo sabe de quem ele é afim

Seu cheiro, sua pele, seu toque e sua voz
Únicos a me despertarem um desejo atroz
Se ainda estou aqui louca a lhe relembrar
Que me resta, senão amanhã lhe aguardar?

Pois fique certo que estarei ainda sedenta
Só sua seiva me completa e me alimenta
Ficarei divagando sozinha na madrugada
Almejando amanhã, por você ser tocada!


You Might Also Like

0 comentários