Olhar...

10/26/2014

O meu olhar fascina-te,
A minha voz domina-te,
O meu riso de menina,
Alma e corpo predomina.
A minha pele a te tocar,
Sentes que ela te faz transpirar,
Embrenhas-te no mundo de imaginar,
As minhas curvas, o desejo no meu olhar.
Não sou perfeita, não,
Sou sim um corpo em transformação,
Com encantos e sedução,
Sou alma e corpo em combustão.
O meu olhar faz o teu coração acelerar,
Irrompe por ti a dentro, a dominar,
Ficas ofegante sem saber o que pensar,
Sentes desejo de me ter, de me tocar.
O meu olhar não é indiferente,
É um olhar que te prende,
Que te faz amar-me loucamente,
Afinal é só um olhar transparente.
No meu olhar vês a minha alma,
Com ela sentes a paz a calma,
De um sentimento poderoso,
De um ser somente caloroso.
Que terá o meu olhar,
Será sedento de amar,
Que quererá ele enfeitiçar,
Talvez seja melhor não olhar,
Porque minha alma vêem espreitar,
Anseios, devaneios revelar.


You Might Also Like

0 comentários