Teu ventre...

12/05/2014

Seguras teus seios com as mãos
em minha frente para ser beijados
e acariciados por meus meus lábios e língua, 
Deliciosos mamilos saboreados, 
com todo o amor de meu coração
que como o vento suave acaricia todo teu corpo.

Teus mamilos duros e eriçados
me pedem ser umedecidos por minha língua
e acariciados por minha paixão.

A fogueira acende meu corpo e
faz minhas mãos se abrir quando
ardentes, avivam meus dedos, 
que deslizam pelo caminho, 
que conduz até o esbelto vale, 
que nos levará pelo teu maravilhoso e excitado ventre
encantado de admiração quando meus olhos
vislumbram o doce botão, 
da curvatura de teu umbigo.

Te sinto excitada meu amor, 
quando entrelaças tuas largas e esbeltas pernas,
entre meu pescoço, e tu mesmo, vais baixando,
por meu corpo, até que descansas tuas coxas,
suaves e nuas sobre minhas costas,
que também encontra-se úmida e nua.

Minha língua se detém e se entretém
em tua sensual e úmida morada, 
onde meus lábios a enche de beijos e
minha língua toda molhada e enlouquecida
não deixa de lambe-la e umedecer de cima a baixo,
até encontrar o mais belo gemido de prazer.


You Might Also Like

0 comentários