Ardente...

11/03/2011

Toma conta do corpo
e da mente
difícil controlar
impossível evitar

Solta labaredas de fogo
dentro de você e de mim
morremos e renascemos
do começo ao fim

Lábios quentes
que deslizam como serpentes
nos beijamos loucamente
com intenso e destemido ardor

Arrancamos nossas
roupas com furor
nossas mãos deslizam com malícia
provocando espasmos em delícia

Não dá mais para conter
chegamos ao ápice do prazer
caimos exaustos pelo chão
consumidos por essa paixão

Flutuamos extasiantes nessa loucura alucinante
eu e você, saciados e entregues
nesse desejo mais louco
e intenso de dois amantes
que aconteceu nesse instante


You Might Also Like

0 comentários